10 de dez de 2012

"Trocando o peso dos fardos pela leveza das flores"

Foto de Eliza Carneiro

O viver consciente, em estado de Gratidão, permite um novo modo de vida, retratado pelos olhos atentos de Eliza Carneiro, nessa foto tão cheia de novos significados para mim.
Podemos aprender aqui como a natureza atua 'perfeitamente', quando a 'mente em seu estado perfeito' deixa de querer comandar e escravizar. 

O reconhecimento da perfeição da natureza que, também é a nossa natureza, desperta a nossa Gratidão que amplia nossos olhares para novas dimensões.
Novos olhares que nos permitem, também, perceber uma formiga diferente da conhecida pelas fábulas. 

A formiga, antes vista como uma trabalhadora incansável que empreendia muito esforço, carregando fardos 'nas costas' para garantir sua sobrevivência num futuro de incertezas - na interpretação dada pelo homem em sua mentalidade aprisionada no medo da escassez - aqui pode ser vista com mais leveza, ainda que a formiga esteja carregando uma flor, maior que ela. 

Há fardos impostos e aceitos pelo próprio homem, mas isso certamente não pertence à vida da formiga. Ela é livre, não tem crenças que a limite, nem ego que a ludibrie.
Então, ela simplesmente segue sua natureza.

É, no mínimo, inspirador! E torna-se libertador, quando abrimos mão do peso dos nossos fardos e nos permitimos seguir com a leveza das flores, exalando nosso melhor perfume! 
Naturalmente, assim!!!!

Um comentário:

  1. ABRAHAM - ABUNDÂNCIA

    Há muitas pessoas que estão abordando a vida a partir da falsa premissa de que se trabalharem duro e lutarem longamente e pagarem um preço grande o suficiente, elas serão então recompensadas com o bem-estar financeiro. E já que elas não percebem que em suas lutas estão negando a si mesmas o alinhamento com a abundância que estão buscando, quando a abundancia não chega elas atribuem-na à sorte ou favoritismo que está sendo direcionado para longe delas e em direção de outra pessoa.

    Mas não há sorte ou favoritismo.
    Há apenas permissão ou resistência, deixar vir ou manter fora a abundancia que você merece.

    Quando você gradualmente treinar seus próprios pensamentos para aqueles de expectativa positiva, quando você alinhar seus pensamentos de merecimento e Bem-Estar, quando você alinhar seu verdadeiro poder buscando pensamentos de bons sentimentos – você não mais oferecerá resistência à sua própria abundancia.

    E quando sua resistência parar, sua abundancia chegará.
    Um dilúvio de ideias de bons sentimentos e possibilidades fluirá para você.
    Oportunidades e proposições serão abundantes.

    E logo você estará sabendo prazerosamente que tudo isso sempre esteve ali a seu alcance, mas em seu estado resistente de atração você não era ainda capaz de vivenciar tudo isso... mas então, isso veio – não por causa de sua luta, mas por causa de sua tranquilidade.

    [Abraham]


    Do livro ‘Entrando no Vórtice, Meditações Orientadas’, dos Abraham
    Tradução Lu Lima
    Espaço Criando - http://espacocriando.blogspot.com.br



    ResponderExcluir