22 de fev de 2016

A Vida como Poesia

Foto de Fátima Lee - Em Oficina Fotográfica "Despertando Olhares"

com Eliza Carneiro no Matrix


Respirar, caminhar com a Presença de Deus em si
  é encontrar o Silêncio
Encontrar o Grande Silêncio é encontrar a Paz
Encontrar a Paz em si é trazer ao mundo a Paz
É assim que a gente faz
Silêncio e Paz

E quanto mais forte te tornas internamente, mais suave e leve tu és externamente
Porque quando interna, a mente é paz
Mais terna a mente se faz
E, assim externa a mesma paz.

Pois, mente lúcida é Luz
Que ilumina o conflito que se desfaz
Força e suavidade convivem em paz
E, dois agora é Um só corpo 
Em perfeita Harmonia

Porque  tua força é tua Paz
E teu poder é o Amor que guia.
Então, segue tua Vida em poesia."

Fátima Lee

16 de fev de 2016

Sem bagagem



A Vida é leve
quando você se despe de tudo o que foi
para ser apenas o que É.

Cada instante é uma chance.

Fátima Lee

11 de fev de 2016

Confiar é Amar

Fotografado por Fátima Lee em 2013


Ainda que as circunstancias não pareçam favoráveis,
 elas estão sempre a nosso favor.

Seguindo com o coração leve,
ele sempre nos levará
a aprender que 
Confiar é Amar

Fátima Lee


7 de fev de 2016

2016 Feliz Ano do Macaco!!!!

2016
Ano do Macaco
Imagem compartilhada de Sonia Soo

As palavras são desnecessárias
 quando a VIDA flui em Paz
e a Alegria e a Leveza transparecem através de voce.
Feliz Ano do Macaco!!!!

Acordar para a Vida é ver tudo novo a cada instante.

Fátima Lee

3 de fev de 2016

"Bom-olhado" - Com que olhos vemos o mundo?

Foto de Elisa Nakanishi
Em "Oficina Fotográfica - Despertando Olhares"com Eliza Carneiro no Matrix -2015

Poema por Fátima Lee, escrito em 2015 e inspirado no Grupo de Auto-Cuidado no Matrix, nos encontros com Ada Moderiano


O "Bom-olhado" pode ver as diferenças, mas não é indiferente.
Não é gordo, nem é magro, é apenas livre de interferências.
Assim, o "Bom-olhado" é a pura transparência
Que vê apenas o que é, sem resistência.
O "Bom-olhado" quebra qualquer quebrante
Pois não reconhece nenhum errante.
Simplesmente vê a Ordem em todo e qualquer semblante.
O "Bom-olhado" traz à tona o "bem-estar" que provém daquele que está em Paz.
E é assim que a Paz no mundo também se faz.