22 de fev de 2016

A Vida como Poesia

Foto de Fátima Lee - Em Oficina Fotográfica "Despertando Olhares"

com Eliza Carneiro no Matrix


Respirar, caminhar com a Presença de Deus em si
  é encontrar o Silêncio
Encontrar o Grande Silêncio é encontrar a Paz
Encontrar a Paz em si é trazer ao mundo a Paz
É assim que a gente faz
Silêncio e Paz

E quanto mais forte te tornas internamente, mais suave e leve tu és externamente
Porque quando interna, a mente é paz
Mais terna a mente se faz
E, assim externa a mesma paz.

Pois, mente lúcida é Luz
Que ilumina o conflito que se desfaz
Força e suavidade convivem em paz
E, dois agora é Um só corpo 
Em perfeita Harmonia

Porque  tua força é tua Paz
E teu poder é o Amor que guia.
Então, segue tua Vida em poesia."

Fátima Lee

Nenhum comentário:

Postar um comentário