27 de jan de 2013

Praticar a COMPAIXÃO é exercer o verdadeiro PODER com AMOR

Foto de Fátima tirada em Itajaí.
O exercício da Compaixão muitas vezes ecoa como uma conquista celeste, distante de nossa concreta humanidade.
Porém, um novo entendimento desponta, quando compreendemos que não há como desenvolver a compaixão sem a nossa condição humana, cujo caminho de aprendizado é a matéria.
Pois, só a experiência pessoal na matéria possibilita o despertar da Compaixão como fruto do 'experimentar' a vida no nível mais orgânico de ser.
Então, o nosso viver na matéria em contato com os nossos desafios - sem apegos (vitimização) e sem aversões (fuga pela negação ou protelação) - 'experienciando' tudo aquilo que trouxemos como bagagem, torna-se o próprio caminho da transcendência que transforma a experiência em Compaixão.
Praticar a Compaixão é o exercício do pleno Poder com Amor, quando trazemos o espírito da Presença Divina à face da Terra em nossas interações diárias, pois essa é a maneira segura de expressarmos o nosso Ser autêntico e poderoso na matéria
E, à medida em que expandimos essa Consciência espiritual na matéria cresce o nosso verdadeiro poder, sustentado pelo amor.
Apropriar-se desse poder é mover-se pela Confiança nessa Sabedoria Interna para expressar a Verdade, aqui e agora, em cada momento presente em que permitimos à nossa energia interna fluir através do nosso coração.

Trecho do Artigo de Fevereiro 2013 escrito para a Revista Entusiasmo - Fátima Lee.



  

21 de jan de 2013

VIVER É PODER - O encontro com a Vida.

Foto de Lucas Yarid
 
Encontre-se com sua Vida, não fuja dela. Pois, nela reside o seu poder.

Não confira o seu poder à fatores ou condições externas. Eles não são bons ou ruins, do bem ou do mal, fáceis ou difíceis, certos ou errados. São neutros. 
O bom e o ruim, o bem e o mal, o fácil e o difícil, o certo e o errado, são conceitos que estão dentro de você. É a sua energia de atenção que lhes confere poder e o torna vulnerável ou poderoso.

Os fatores externos apenas sinalizam e, os recursos externos apenas o auxiliam a resgatar o seu maior tesouro: o seu recurso interno.
Só o recurso interno poderá solucionar as suas questões,  superar seus medos, seus conflitos, suas dúvidas, seus desafios.

Quando você deixar de resistir e conferir o poder ao seu centro de sabedoria interna - o único capaz de discernir a melhor forma de viver sua vida - você encontrará seu verdadeiro Poder.

'E tudo lhe será acrescentado'.

*Foto de Lucas Yarid, em Balneário Camboriú.
** Texto de Fátima Lee, inspirado pelo filme "O discurso do rei"

"Quando favorecemos
um crescimento positivo e mudanças saudáveis em nosso trabalho, somos bem mais poderosos do que reis; a rica variedade da experiência é o nosso reino. Nossa sensibilidade é como o exército do rei; nossa atenção plena e penetrante, como os seus ministros; e o nosso amor e alegria, como sua rainha. A profundidade e a clareza, o contato equilibrado com a vida, a concentração e a honestidade são o próprio rei. Sem essas qualidades saudáveis, seríamos reis apenas no nome, governantes de um reino vazio; com elas, somos invencíveis, capazes de atingir metas que trazem paz e beleza à vida de todos os seres."
*Do livro: "O caminho da habilidade" - Tarthang Tulku
 

14 de jan de 2013

"FOCO - Encontrando a Passagem"

Foto de Lucas Yarid

Ciclos encerram e iniciam e, assim, um ponto final dá início a um outro ponto de partida.

Existe um limite entre uma coisa e outra que dá a sensação de tempo fora do tempo. Nos sentimos um pouco perdidos, sem direção e, muitas vezes, damos voltas e voltas no terreno conhecido, em busca da saída.

A passagem nem sempre está nítida, pois na mudança de fase, tudo é novo.
Enxergamos bem aquilo que já conhecemos, mas nossos olhos tem que se concentrar num novo foco, o que exige maior atenção de nossa parte para percebermos com olhos lúcidos, o ponto de luz que nos indique a passagem para o novo.

O novo é sempre desconhecido. E, vivenciar o novo, o salto para o desconhecido, requer a superação de medos.
É por isso que, em tempos de passagem, os conflitos e as dúvidas - que alimentam antigos padrões de medo - se fazem tão presentes. Divinos presentes que nos capacitam a romper os laços que ainda nos prendem às velhas e conhecidas experiências.

A palavra de ordem é FOCO!!
E, em seguida, bem-vindos à passagem!! 

"Não procure à distância o que está bem à sua frente!"

7 de jan de 2013

"2013, um ano para muito além do horizonte - quando me elevo acima do bem e do mal"

Foto de Fátima Lee
 
Observar as situações mais corriqueiras e perceber que elas podem ser mais significativas do que aparentam ser nas entrelinhas do dia-a-dia, faz revelar seus propósitos e, melhor ainda, nos capacita a solucionar as nossas questões a partir de uma nova perspectiva, acima do patamar em que foram criadas. 

É um estado de ser consciente, assim como a foto sugere, 'acima das nuvens' e que nos promove uma nova visibilidade para 'muito além do horizonte'!

E, nesse sentido, a conotação de estar 'acima das nuvens' não é a do conto de fadas, do mundo da ilusão onde tudo 'parece' ser perfeito. Neste caso, o 'estar acima das nuvens' é um estado de absoluta lucidez promovido pelo silenciamento interior que nos eleva a um novo patamar consciencial.

E, neste estado, podemos tocar profundamente tudo o que diz respeito às nossas experiências na Terra, sem apegos ou aversões, mas sob um foco mais iluminado, mais nítido, mais efetivo, por não estarmos mais sob o comando da lente das ilusões.

Assim, entramos em 2013, livre de expectativas e para além de quaisquer limites anteriormente determinados por crenças limitantes.
Seguimos confiantes e seguros na matriz essencial que somos, nessa nova perspectiva de ser, vivendo exteriormente todo o potencial interno agora acessado e revelado! 

Com entusiasmo e nova vitalidade, nos elevamos 'acima do bem e do mal', saudando o ano 2013 - um ano para muito além da linha do horizonte! 

"ESPAÇO MATRIX - acessando sua Matriz Essencial, tecendo relações conscientes e saudáveis"