27 de ago de 2014

A UNIDADE é onde o Agora vigora


Ainda que os pensamentos me percorram, não sou esses pensamentos. Eles são como nuvens passageiras que se desfazem com vento, ainda que possam tomar grande parte do meu precioso tempo.

Ainda que as emoções me tomem, não sou essas emoções que apenas me percorrem, às vezes tão intensamente que me consomem... mas que em questão de instantes, horas, dias, meses ou anos depois, para fora de mim também escorrem.

Ainda que uma percepção me chame a atenção, apenas a percebo naquele breve instante e dela logo me desprendo porque sei que ela também se vai, assim que a função que a atrai se faz e esvai...

E, ainda que tudo passe, Eu permaneço, apenas vivenciando a experiência do Momento.
Porque Aqui, eu sou o Agora - a experiência Viva, isenta do tempo.

E, em cada experiência, não sou o último nem o próximo passo, mas sempre o primeiro.
Eu Sou Presença.

Fátima Lee

26 de ago de 2014

Florescendo...flores sendo... sendo

Em "Jardim Botânico" de São Paulo

O que contempla e o que é contemplado é uno na mesma essência.
Apenas se manifestam em distintas experiências.
Mas ambos vibram cores e tons; aromas e formas entre silêncios e sons da própria existência.


E em silêncio, as flores nos inspiram
Florescendo... flores sendo... sendo...

Apenas, seja.

Fátima Lee

18 de ago de 2014

"Metamorfoseando" na Perfeição da Natureza que nos habita

Foto by Camila Lee

 "A natureza é milagre de Deus. Nós somos milagres de Deus.
Entre nós não há diferenças.
E em todos nós há apenas uma PRESENÇA.
Apenas, ela, a natureza, disso não se esqueceu."

Fátima Lee

Dentro de nós sabemos que "o que É em cima, também embaixo". Apenas nos esquecemos de como é viver essa integração. 
Conciliar a natureza do espírito com a natureza manifestada na matéria não está tão distante de nós. 
Vamos desmistificar as crenças que um dia nos fizemos crer de que o céu não está na terra? Ou então, apenas reafirmar e colocar em prática aquelas que ressoaram dentro de nós como inspiração para sermos esse milagre vivo de transformação? 

O "Grupo de Auto-cuidado" nos desperta para novas percepções de Ser para que essa transformação seja nossa mais pura realidade. Junte-se à nós!
Acessem o link nas páginas desse Blog.




11 de ago de 2014

DIFICULDADES e OPORTUNIDADES - pedras e flores no mesmo caminho

Foto tirada no Jardim Botânico 


Pequenas dificuldades ou grandes dificuldades sempre se apresentam como oportunidades no nosso dia-a-dia. Mas, nem sempre as vemos como tal.


As grandes dificuldades, em geral, são facilmente percebidas, porém as 'pequenas' às vezes passam 'batidas', atropeladas por nossas emoções que enevoam a clara percepção da oportunidade que surge para desvelar, desfazer 'mal entendidos' dentro de nós. Dificuldades que se revelam em  'dores de cabeça', 'estômago embrulhado', 'falta de disposição', 'tristeza sem motivo', 'irritabilidade' e por aí vai.


Mas, ao olharmos com carinho, cuidado e atenção para as 'pequenas' manifestações do nosso corpo, o  nosso caminho de tantas pedras, principalmente para quem vive numa 'selva de pedra', podemos encontrar encantos e oportunidades, onde antes não percebíamos.


O "Grupo de Auto-cuidado" é uma pequena pausa para novos olhares que encontram nas pequenas dificuldades, grandes oportunidades. 

Acessem o link nessa página e junte-se a nós.




5 de ago de 2014

ENCONTRO

Pés no Chão e Cabeça no Céu unidos pelo Coração

Fui procurar 'explicações'
Nas técnicas avançadas
Nas teorias complicadas
Nos dilemas intrincados
Nas crenças arraigadas
Nas relações inacabadas
Nas frustrações mal trabalhadas
Nos medos infundados

Para por fim, chegar em mim
Onde encontrei 'entendimento'
Silêncio
E sem atrevimento
Fui simplesmente ser feliz!
Entrego
Tudo o que recebi
E Tudo sempre está a me nutrir
Poder, Sabedoria e Amor
Em Equilíbrio
Eu Sou.

Fátima Lee

4 de ago de 2014

Ficar consigo

Foto by Camila Lee

Ficar consigo não é isolar-se
Ficar consigo é integrar-se, tornar-se inteira
É crescer e virar 'gente grande' com coração de 'gente pequena'
É poder estar em todo lugar, conviver com um sem fim de pessoas
E mesmo assim não se fragmentar.
É não precisar dividir atenção, mas poder distribuí-la em profusão.

Porque quem em si encontrou Atenção, nunca mais se perde na multidão
Mas, junto com ela se torna imensidão.

Fátima Lee