19 de dez de 2012

"Servir é vir a Ser a Integridade na matéria"


Foto de Fátima Lee 
- Espaço Matrix-
'Guá dos Amigos Espirituais"

"Nós não somos seres humanos tendo uma experiência espiritual.
Somos seres espirituais tendo uma experiência humana”.

Em entrega contínua e transparente à ação da Chama Violeta em nossas vidas, efetuando a alquimia por meio da transmutação de tudo que não serve à Luz, passamos a atuar em maior sintonia com a Integridade do nosso Ser, permitindo que o Amor se manifeste em cada fato ou circunstância de nossa caminhada na Terra.

Assim, a vida se torna Serviço, onde Serviço é Ação consciente, quando compreendemos que restabelecer a Integridade do Ser é manifestar a Vontade de Deus na matéria por meio dos nossos veículos físicos, expandindo Suas Virtudes na expressão lapidada de nossa personalidade, quer seja em pensamentos, sentimentos, palavras ou ações.

Contudo, a reflexão sobre a vida de serviço traz a percepção de que é chegada a hora de abandonar a espera e as expectativas, partindo definitivamente à Ação acompanhada de resultados efetivos para os nossos propósitos, tanto em nível pessoal quanto sistêmico.
Tivemos, além de tempo - mais que suficiente – informações, orientações e instruções que nos alimentaram de conhecimentos por éons de nossas existências.

Porém, neste momento cósmico, a vida de serviço se apresenta, principalmente, como necessidade, onde temos a oportunidade de colocar em prática os conhecimentos adquiridos e transformados em habilidades em serviço à Vida.

Servir é vir a Ser a Integridade na matéria, onde quer que nos encontremos, com os recursos conquistados e com os que ainda venhamos a adquirir como resposta ao trabalho executado. Entendendo que os serviços mais simples e humildes realizados no nosso cotidiano relacional são a base e o suporte para a realização dos Serviços mais complexos, sendo que ambos estão intimamente relacionados para o cumprimento do Propósito Maior.

Deste modo, cada situação e condição apresentadas na vida do servidor são percebidas e vivenciadas não somente como instrumentos necessários para a lapidação do ser, mas também como percepção ampliada da oportunidade de servir ao Plano de Deus.
Donde, o viver consciente de nossa vida pessoal consolida o alicerce do Serviço a toda Vida na busca da manifestação de Sua Integridade, Magnitude e Unidade.

“O servidor perfeito é aquele que faz, com o melhor de sua habilidade, aquilo que acredita ser a vontade do Mestre e o trabalho a ser feito por ele em cooperação com o plano de Deus. A cada instante, ele faz o melhor, e não perde tempo na contemplação retrospectiva, mas atira-se firmemente para frente, à consecução da tarefa seguinte, procurando trabalhar com a lei da evolução.”

Na vida de serviço consciente estabelecemos o Caminho de Retorno em alinhamento com o princípio evolutivo. Saímos gradativamente da zona de limitação da terceira dimensão onde todas as ilusões (medos, inseguranças, angústias, preocupações com o suprimento do presente e do futuro, fundamentadas no aprisionamento do passado) vão sendo desconstruídas e substituídas pelo Amor oniabarcante do Criador que nos confere vivenciar a Verdade (paz, opulência, prosperidade, harmonia, liberdade) em cada momento presente.

Assim, a Confiança na Ordem Divina se estabelece. E, é deste modo também que restabelecemos a tranqüilidade e paz interior, alicerces da Solidez, que nos faz crer na providência Divina que tudo oferece e provê para que a nossa evolução seja realizável.
A resistência cede espaço à Aceitação que conduz a Comunhão. E o Serviço espontâneo se faz.

E, conforme nos reconhecemos como seres espirituais, no resgate de nossa verdadeira Identidade, o Ser Íntegro em atividade traz a Consciência da Realidade para a matéria, adequando as vibrações em si, em seu mundo e ao seu redor, para o estabelecimento de um novo momento, uma nova era. Assim É.

Fátima Lee (escrito em Março de 2010 para a Revista Entusiasmo - Egrégora Grupal)

Nenhum comentário:

Postar um comentário