21 de nov de 2012

Em tempos de MILAGRES, todo dia é tempo de dar Graças pela Graça da Vida.


Independentemente de religiões, credos, raças ou culturas, o Dia de Ação de Graças pode ser uma celebração diária em nossa vida, quando reconhecemos a benevolência do Universo.

Onde a época da colheita é contínua e ininterrupta, quando nos rendemos em aceitação e cooperação para que o Universo opere em nós, nos provendo de toda sua paz e abundância.

Se não estivermos despertos para essa realidade do tempo dos milagres - disponíveis a cada momento de oportunidade presente - teremos olhos e ainda assim não veremos; teremos a escuta e não ouviremos. E, nenhum recurso será suficiente se não nos rendermos à nova realidade que desponta dentro de nós mesmos.

Sem o real entendimento, não perceberemos que o tempo de conflito e sofrimento já cessou e, a chegada ao "Novo Mundo" e todas as oportunidades que ele oferece jamais poderão ser uma nova realidade em nossas vidas. 

O passaporte que nos garantirá a sobrevivência nesse novo mundo é a Confiança e a Gratidão pelo grande Amor que nos sustenta. 

Assim, nesses novos tempos em que o novo Sol desponta na Nova Terra, luminoso e radiante, como retrata a foto de Eliza Carneiro, o artigo dessa semana convida a nos colocarmos em profunda reverência e gratidão, a cada momento, pelos mínimos detalhes que compõe a nossa vida, aqui e agora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário