27 de nov de 2014

"Pé de Amora", Amor que não demora


O pé de amora de minha infância... ahhhh... tem tão doces memórias!
Na Inocência de minha criança, muitos sonhos REAIS eu tive.
E na sua Pureza eu os mantive.

Hoje, a Amora que em mim mora, agora aflora em frutos de Amor que não demora.
Porque chegou a sua Hora.

Descobri que aquele tempo REAL, sempre esteve aqui.
E quando me dei conta, não precisava mais fazer contas, nem brincar de faz-de-conta.

Embora precisasse ter feito para perceber que não precisava...
Embora pensasse que nada tivesse sido feito, quando tudo já estava feito com efeito...
Já não precisava 'mais' saber de 'mais' nada, porque isso agora era de 'menos'.
Não estava mais fazendo nada e apenas Ser me bastava.

Ah... meu "Pé de Amora"...
Como é bela a sua história!!!!

* Gratidão à Mariana Natale, que presenteou-me com essa amoreira, despertando os melhores sonhos reais de minha infância.

Nenhum comentário:

Postar um comentário