5 de nov de 2014

O parto do Amor

Foto de Eliza Carneiro

E o Amor despontou em mim...
Enfim
E a Alegria de viver encontra espaço
Em meu próprio abraço
Porque quando me abraço, também te abraço

E nesse laço, não somos mais um nó
Somos Um só.

Renasço
Nesse ato de Amor que liberta
E em mim desperta.

Fátima Lee

Nenhum comentário:

Postar um comentário