2 de dez de 2014

Prosperar é Precipitar dons e talentos em prol do bem comum

Mandala da Unidade Matrix
Foto de Eliza Carneiro

PROSPERAR é precipitar dons e talentos em prol do bem comum.
PRECIPITAR é criar, é deixar fluir o anseio do que a alma veio revelar e manifestar.

E isso exige um trabalho invisível que precede a materialização da forma.
Antes de tudo o que se vê, há um lapidar silencioso dos pensamentos e sentimentos para que a Harmonia seja o resultado da forma que se materializará.

O Espaço Matrix, representado por essa Mandala, e assim como ela, tem passado por lapidações constantes, representadas por todos os seres que por aqui têm passado ao longo de sua existência, um processo consciente desde a concepção de sua ideia, passando pela sua concretização e estendendo-se às atividades aqui compartilhadas.

Desse modo, o ato de 'Precipitar' toma um novo entendimento, onde Precipitar é uma responsabilidade individual consciente que, quando associada e somada aos esforços de muitos é capaz de produzir um campo consciente de transformações, onde o bem comum prevalece aos interesses pessoais e individuais.

É com esse espírito de cooperação e fraternidade que expresso aqui minha profunda Gratidão a todos vocês que estiveram presentes, especialmente nesse ano de 2014 que finda, com a ancoragem da boa energia com suas Presenças neste Espaço, com votos de que a Prosperidade seja uma realidade na Vida de todos, no ano que se anuncia, 2015.

Que o Amor-Sabedoria seja o nosso regente no ano vindouro como Caminho para a Precipitação da Paz em nossos corpos no restabelecimento da Unidade que Somos.

Gratidão especial ao meu marido, Lee Ping que tornou possível a precipitação e concretização do Espaço Matrix e pela parceria contínua em amor incondicional.

Gratidão à querida amiga Carla Malieno Gomes, que trouxe à forma a idealização do Espaço, em profunda conexão com o propósito do Matrix, no projeto harmonioso que elaborou e conduziu. E aqui estendo e reforço a gratidão à todas as equipes que participaram literalmente dessa empreitada, os verdadeiros 'construtores da forma'.

Gratidão à querida Graziela Lima, que trouxe a integração do Matrix com a natureza viva com seu projeto paisagístico.

Gratidão à querida amiga Ni Teixeira, artista plástica que imprimiu o propósito do Matrix, com sua Arte, na confecção da Mandala da Unidade Matrix.

Gratidão à querida amiga Eliza Carneiro, fotógrafa e arte-educadora da natureza, que 'precipitou' essa linda imagem da mandala, concedendo-me o seu compartilhar, confirmando que a precipitação é instantânea e sem esforço, quando há pura comunhão entre os seres.

Gratidão aos amigos da Egrégora Grupal, parceiros incondicionais, força propulsora dessa comunhão entre corações.

Gratidão a todos os amigos e parceiros presentes aqui no Espaço Matrix, desde a sua concepção.

2 comentários:

  1. Digamos que hoje precipitei e fui honrado em entrar e conhecer este espaço e sua suavidade em lidar com a Vida.
    Namastê!
    Ricardo Alves

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Honrada por sua Presença, caro Ricardo Alves!
      Sinta-se envolvido por essa energia de Gratidão!
      Namastê.

      Excluir