30 de mai de 2014

O pensamento voa e não estou à toa

Foto de Eliza Carneiro
Saí-azul (Dacnis cayana), Serra do Itapety

Enquanto eu pensava, a minha vida passava.
E agora, pensando bem,
Penso que:
"Quando penso,
Logo, não existo".
Resisto.

Então, parei de tanto pensar
E leve meu pensamento ficou.

Agora penso
Sem peso
E assim
Deixei de ser
Denso.

Antes,
Danço
Com a Vida.
E todas as melodias
São agora ouvidas
Lindas, divertidas
Todas Divinas.

Fátima Lee 

Nenhum comentário:

Postar um comentário