25 de mai de 2013

DESPERTANDO PARA A UNIDADE


Entrando em contato com a Abundância interior,
Compartilhando-a, naturalmente, sem pensar na forma como ela está sendo distribuída,
Confiando no caminho da alma, incondicionalmente,
Sendo feliz aqui e agora,
Desfrutando do momento presente, exatamente como ele se apresenta.
Recebendo mais e mais,
Transbordando mais e mais,
Em Gratidão incondicional.
Conexão, Confiança.
Fonte - Infinita Abundância.
Alegria, Felicidade e Unidade. 

Momento Presente sempre é Momento Maravilhoso quando estamos integrados; somos plenos.
Estando inteiros em Integridade, somos coesos com a Fonte infinita. 
Plenos, podemos transbordar e ainda assim, nada será tirado, pois o fluxo da fonte infinita é contínuo e constante, sem fim e sem começo porque tudo é UNIDADE.

À medida que a percepção de Unidade é colocada em prática, o verdadeiro serviço acontece, onde a personalidade cônscia de seus atributos acolhe os apelos da alma.
Então, torna-se possível entender que 'o serviço verdadeiro não é nem um sentimento nem um ideal. Tampouco é uma atividade em direção à qual as pessoas devem se esforçar, ou um método de ajudar os outros. Em vez disso, o verdadeiro serviço pode ser definido como o efeito espontâneo do contato com a alma' ou seja, 'a habilidade para servir se conquista através do contato com a alma, e é a prova de que a alma está começando a se expressar em manifestação exterior'. *

A harmonia da perfeita conjugação do que viemos manifestar expressa-se através da forma na transfiguração do ser humano em Ser Solar, unificando céu e terra em todas e quaisquer atividades que venhamos a desempenhar.

Discernir e compreender nossos hábitos nocivos para serem auto-curados, descerram o caminho do despertar e desenvolver de nossas melhores habilidades através do autoconhecimento promovido por uma diversidade de ferramentas hoje disponíveis à humanidade por inúmeras egrégoras ressonantes na conexão do coração, que nos orientam ao caminho para o exercício e apreciação da Unidade. 

E, ao despertarmos e aperfeiçoarmos a consciência de quem verdadeiramente somos, desenvolvemos a consciência de grupo. E, 'esta última é o mesmo que o amor abrangente, sendo experimentada como uma percepção intuitiva da unidade essencial dos seres humanos'. *

Namastê.

* Os Raios e a Psicologia Esotérica - Zachary F. Landsdowne


Nenhum comentário:

Postar um comentário