16 de mai de 2013

A Bênção do COMPARTILHAR

Foto de Eliza Carneiro

Quando compartilhamos com o mundo, distribuindo a essência do que trazemos de melhor dentro de nós, uma chuva de flores retorna abençoando o nosso viver. E, quanto mais compartilhamos, mais preenchidos de alegria e felicidade nos tornamos.

Há alguns dias, na celebração de meus 50 anos com parceiros queridos que compartilham seus lindos trabalhos no Matrix, fui abençoada com uma dessas chuvas de flores!

Numa linda roda que formamos, sob a condução delicada e amorosa de Angelica Rente, nossa mais recente parceira nas Danças Circulares, recebi de cada parceiro presente, a essência do que cada um trazia de melhor, representada pelas cartas do "Oráculo da Iluminação"*, num breve ritual que antecedeu a tocante dança sob o mantra tibetano "Flower of Compassion"**, focalizada lindamente por Angelica.

Esse 'bouquet' de flores  que agora compartilho com vocês, continha no simbolismo das cartas do Oráculo, a pura Essência: da Ordem, da Vitalidade, da Entrega, do Abridor de Caminhos, do Poder da Palavra, da Harmonia, do Amor Divino, da Fraternidade, da Cura, do Amor Humano, da Visão, da Música, da Pureza, da Liberdade, dos Sonhos, da Sustentação e da Coragem - oferecida por cada parceiro presente na roda e, acolhida profundamente por meu coração, que o traduziu na seguinte mensagem, pleno de Gratidão.

"Que uma nova ORDEM regida pela PUREZA da ENTREGA nos ABRA CAMINHOS para manifestarmos a HARMONIA através da expressão do AMOR DIVINO que se revela em AMOR HUMANO. Onde a CURA se manifesta na plataforma física, ao reconhecermos a Essência da Perfeição que promove a nossa SUSTENTAÇÃO nessa dimensionalidade.
Abrem-se as portas para uma nova VITALIDADE, onde os SONHOS mais sublimes manifestam-se em LIBERDADE de concretização, através da VISÃO além da forma.
A CORAGEM nos impulsiona a vivermos a verdadeira FRATERNIDADE na Terra, onde a nossa MÚSICA fundamental seja revelada pelo PODER DA PALAVRA qualificada que a  tudo transforma em Vida, Luz e Amor."

O efeito dessa linda cerimônia ainda reverbera dentro de mim, no simbolismo inspirador de cada passagem compartilhada: 

No laço das mãos, o equilíbrio entre o dar e receber - o compartilhar do Coração;
No olhar consciente nos olhos dos amigos da roda, o reconhecimento da alma, a percepção da energia do círculo - a Unidade;
Nas mãos em prece - Reverência à Vida, a toda vida.

Amigos de todos os tempos, dedico minha profunda Gratidão por suas Presenças em meu viver compartilhando suas Luzes, Cores e Flores que agora retornam em lindas bênçãos a cada um de vocês! 

Namastê.

**Mantra tibetano gravado por Margot Reisinger e seu projeto Existence, no cd Free Tibet, com coreografia de Samuel Souza de Paula.

Nenhum comentário:

Postar um comentário