11 de mar de 2013

Vida em Florescência




Observar o ritual do desabrochar de uma flor é enxergar a magia da Vida 'à olho nu'.
É, também inspirador quando percebemos que, como a flor, podemos florescer para uma nova vida - um florescer harmonioso em alinhamento com a nossa natureza interna.

Por muito tempo, vivemos contra a nossa própria natureza, lutando para conseguir expressar coisas que nem sempre estavam em sintonia com o nosso coração.
Hoje, contudo, somos 'convidados' das mais variadas formas, à olharmos para dentro de nós e dar a devida atenção ao que faz pulsar o coração - o chamado da alma. 

É um momento mágico que também requer atenção e muito discernimento nesse processo de redescobrir-se.
Pois nessa grande oportunidade de  viver a magia do poder do nosso coração, uma nova vida entra em processo de florescência, onde nos é dada a completa liberdade. E, assim nos alegramos conosco mesmo diante dessa nova realidade, pois vivenciamos um momento propício em que "a intensidade da luz em nosso mundo torna possível a todos se conectarem com suas habilidades inatas, permitindo que essas habilidades aflorem como ferramentas para ajudar a criar o mundo dos nossos sonhos, onde todos podem participar e tornarem-se criativamente envolvidos" . *(Robert Happé)

E, esse é o ponto que exige nosso maior cuidado para não cairmos nas armadilhas da liberdade do "faça os que vos agradar", que nos distancia do senso de responsabilidade, sempre proporcional ao poder que se revela. 

Esse é o momento em que estar concentrado nas nossas tarefas, significa atuar na materialidade movidos pelo desejo da alma- o poder interno e, não pelas exigências externas contrárias à nossa natureza primordial. 

E, "quando nos sentirmos positivos, otimistas e entusiasmados para participar na co-criação de um mundo justo, nós dominamos a difícil passagem para a quarta densidade, mesmo que muitos milhões ao nosso redor ainda estejam entorpecidos de uma forma ou de outra", pois agora podemos estar isentos de questionamento, julgamento, crítica, comparação ou especulação, porque  uma nova energia de amor compassivo pode ser acessada nesse novo patamar de experiências. 

Onde, podemos florescer, se assim determinarmos, restaurando a harmonia e a saúde através da nova Vida que se revela em nós! 


Um comentário:

  1. QUANDO TUDO DESAPARECE, APARECEM AS NOVAS FLORES

    Quando tudo está sendo abandonado e desaparecendo,
    no coração de todo esse desaparecimento está escondida sua primavera.
    A partir desse ponto você começará o cultivo de novas flores que você nunca tinha visto antes.

    - Osho, The Buddha: the Emptiness of the Heart

    ResponderExcluir