8 de jun de 2011

“Vá, Viva e Transforme-se”


Uma das criações de Wânia Rodrigues feita para o Espaço Matrix - em pintura nanquim – cujo tema é “Transformação” traz como mensagem uma das propostas do Espaço.
A sua obra está irradiando a virtude da Transformação na área do Feng-shui que corresponde aos relacionamentos, pois um dos propósitos do Espaço Matrix é harmonizar os relacionamentos, a partir da transformação interior.

Em inspiração sugestiva, o quadro inferior retrata a nossa origem na árvore da Vida nesta passagem em serviço que ora realizamos no planeta Terra.

As folhas que caem retratam o nosso processo de aprendizagem e amadurecimento, representando, analogamente, as lições que compõe nossa história de vida, onde as relações humanas atuam como a fonte de nosso aprendizado, trazendo as tarefas necessárias para nossa evolução.

Conforme as folhas amadurecem, após terem passado por seus ciclos naturais, únicos e intransferíveis, elas caem leves em direção ao solo, com a sabedoria de quem aceitou e realizou reverentemente sua missão.

Então... tal qual um processo alquímico, transformam-se em pássaros, agora livres para voar, prontas para o retorno, para a LIBERDADE que se consagra no quadro superior.

Assim, também, é o nosso processo de aprendizagem, amadurecimento e evolução, quando, por escolha, tomamos a vida por nossas próprias mãos, dispostos e disponíveis às transformações necessárias, para alçarmos vôo em liberdade.

 Pode não parecer tão simples como parece ser no processo das folhas, mas isso dependerá do ponto de vista do observador.
E quando nos postamos com as lentes do observador esse processo se revela em simplicidade, pois o observador é aquele que está participando da cena em plena atenção, ou seja, consciente, desvinculado das emoções e pensamentos improdutivos como o julgamento ou a crítica. E, é essa Consciência que ilumina e esclarece os pontos aparentemente obscuros do nosso aprendizado, nem sempre vistos como oportunidade evolutiva, fazendo da vida um processo menos doloroso, mais leve e natural.

O filme “Va, vis et devient” – ‘Vá, viva e transforme-se’ é uma sugestão de reflexão para essa empreitada que pertence a todos nós, pois representa através da vida do personagem Scholomo, essa trajetória de nossa passagem na Terra, com nossos desafios pessoais, únicos e intransferíveis, em busca da descoberta de nossa identidade, de nosso propósito no mundo e de nossa transformação nesse processo.

“Viemos”.
Portanto, “vivamos” para a alquimia da “transformação”
...
que nos impulsionará à liberdade dos pássaros representados na tela de Wânia Rodrigues!


3 comentários:

  1. Fá ... muito especial este texto ! Parabéns a você por nos lembrar que sempre é possível transformar e ... voar ... e parabéns a Wania por expressar tão bem o seu pedido para essa área específica do Espaço Matrix !

    Beijos,
    Cá.

    ResponderExcluir
  2. Querida Fá,
    Grata pelo seu Inspirado texto ... veio a mim no momento certo! ;)
    Grande bj,
    Ewa

    ResponderExcluir
  3. Fati..maravilhoso...adoreiiiiii.....parabéns!!! ficou lindo lindo.paz...amor e luz!!!

    ResponderExcluir