1 de dez de 2013

Os primeiros passos da Longevidade

Dia 1 de Dezembro,
o primeiro dia, os primeiros passos
 para infinitas possibilidades dentro de nós.

As tartaruguinhas recém-nascidas e tão pequeninas, apesar de avistarem um mar imenso à sua frente, seguem destemidas, passo a passo, sem hesitar, em direção ao mar 'infinito'. Afinal, as tartarugas são o símbolo da longevidade, Vida que vai ao longe!
Apesar do seu tamanho minúsculo, elas não se contêm, não se limitam, apenas fazem uso da energia ilimitada que as move.
Essa cena revela a força vital e inteligente que rege a natureza de todos os seres. E, nos faz lembrar que, independentemente das espécies, da forma física e do tamanho essa energia existe, está presente,  pois é a própria vida fluindo generosamente, sem reservas.
Uma diferença entre as espécies é que, nós da espécie humana,  muitas vezes nos reservamos demais e relutamos em permitir o fluir natural da Vida em nós. Talvez nos impressionemos com a nossa forma diminuta diante do Universo e, diferentemente das tartaruguinhas deixamos de ver o infinito invisível dentro de nós.
Ou, talvez as tartaruguinhas simplesmente deixam que a Vida se expresse através delas, pois não enxergam divisões. Elas e a Vida são unas, a Existência existindo. E, assim seguem, a partir do primeiro passo de sua longevidade para a eternidade de si mesmas.
Vamos pegar essa onda?!
Fui!

* Foto de Eliza Carneiro, Fotógrafa, Bióloga, Arte-educadora e Parceira do Espaço Matrix nas Oficinas Fotográficas "Despertando Olhares" 
* Praia do Forte - BA 


Nenhum comentário:

Postar um comentário