8 de fev de 2013

"Prosperidade em mim, Prosperidade em ti, Prosperidade em nós - Herança Divina para todos"

Foto de Eliza Carneiro
Espaço Matrix

Somos todos luzes reluzentes como essa árvore da Prosperidade.
Cada um de nós traz um tom singular para colorir a face da Terra, se assim o quiser.

E, aquilo que viemos manifestar não é muito nem pouco, melhor ou pior, certo ou errado quando manifestamos através da energia e do poder do nosso coração, o fruto de nossa experiência.
Pois essa é a nossa mais pura verdade e isso é TUDO.

 É o que temos para todo Sempre. É a nossa herança divina. É o que podemos manifestar a cada AGORA, sem pressões, nem condições.

"Cada um de nós tem uma canção própria para cantar, uma dança própria para dançar. Às vezes, em sua simplicidade, isso é óbvio. Em outras, é complexo e confuso, oculto nos recônditos de uma essência ainda desconhecida. Estamos aqui para realizar algo único, para expressar nossa individualidade e seu desejo pela perfeição e por uma vida mais gloriosa. Quando descobrimos o que tal expressão significa e sentimos grande alegria e plenitude e nossa evolução, o ritmo de nossas vidas, parece se acelerar. Ficamos felizes, ligados à vida, seja vendendo imóveis ou administrando recursos financeiros, como mãe e dona de casa, varrendo o chão e fazendo compras ou coreografando uma peça da Broadway. Nesse momento, todo esforço despendido com elementos discordantes e díspares faz sentido: ele nos ensina a arte e profunda maestria da vida - o manejo do eu. Ocorreu uma integração. As rupturas no medo exterior parecem coincidir com algum tipo de plenitude interior, uma lição aprendida. E mesmo que não haja qualquer sinal externo dramático, o próprio viver torna-se excitante, Talvez não mais fácil, mas certamente mais gratificante, mais harmonioso. A vida, repentinamente, passa a ter um propósito e você tem algo a dizer. Nesse ponto, você se tornou um ativo co-criador com a divindade. A completa maestria é apenas uma questão de tempo." (Alquimia Interior, de Zulma Reyo - Ed. Ground)

Nenhum comentário:

Postar um comentário