13 de nov de 2013

Toda REALIDADE sou eu quem traço

"E  passou uma vida inteira sonhando e procurando o que não existia: RESPOSTA
Por fim, acordou, sem palavras"

Realidade
é ver o que É e o que está sem mais se perder.

E, então, não mais querer controlar a ilusão
e, tampouco alimentá-la de novas condições.

É acordar de um longo e grande sonho
e se despir das velhas e novas fantasias
e sentir a leveza da mala vazia.

Perder todos os contornos que trazia,
sem querer refazer-se na mesma poesia,
porque estará sempre com a melhor companhia.

"E, sem nada querer, fez tudo acontecer"

Toda Realidade sou eu quem traço.

Fátima Lee 



 

Nenhum comentário:

Postar um comentário