11 de jul de 2013

Compartilhando o 'Espírito de ALOHA'



Mais que uma expressão do espírito acolhedor tão presente no povo havaiano, ALOHA é um convite ao viver em consciência desperta, transbordando em sua sonoridade o seu verdadeiro significado - "o compartilhar (alo) com alegria (oha) da energia da vida (ha) no presente (alo)"*.

                A alegria presente nessa saudação é contagiante e nos inspira a perceber a energia da vida fluindo e abençoando o nosso presente. Esse Presente que é a maior dádiva divina, a nossa VIDA.
                Essa Presença Divina presente em sorrisos espontâneos, alegres e serenos; no entoar profundo dos cantos da alma ou nos gritos entoados que invocam a força e poder da natureza interna; no compasso cadenciado e ritmado da música; na delicadeza da dança que integra movimentos suaves e fluidos que ao mesmo tempo se harmonizam com passos firmes sobre a terra, porém com tamanha leveza, soam todos como um convite contínuo a parar, respirar e sentir essa mesma energia pacífica e ao mesmo tempo vivificante pulsando dentro de nós.

                E, tudo isso realça ainda mais o colorido da natureza abundante desse paraíso sagrado que transborda vitalidade e que nos faz sentir prósperos ao nos entregarmos e integrarmos com a nossa natureza interna, entrando em contato e compartilhando dessa paz e alegria.

                Então, começamos a nos inspirar com a filosofia do povo havaiano que acredita que "ao compartilharem essa energia, estão conectados ao Poder Divino a que chamam 'mana'. E que o uso amoroso deste Poder incrível é o segredo para se obter saúde, felicidade, prosperidade e sucesso verdadeiros"*.

                Nesse contato que a magia dos encontros promove, a primeira lição que aprendemos dessa sabedoria ancestral é a de estarmos disponíveis - de braços e, principalmente de coração abertos -  para receber essa energia primordial, original e abundante, permitindo-a fluir através de nós.

                Em seguida, tomamos ciência de que tão importante quanto recebê-la e senti-la é a maneira como a conduzimos, como a dirigimos ou direcionamos. 

                E, por fim descobrimos que a melhor maneira de direcioná-la é compartilhando-a, abençoando toda a vida. 

                Onde, abençoar é um ato divino que pode ser praticado por cada um de nós, ao reconhecermos a bênção que é a graça da Vida que nos foi concedida como um benefício, uma grande oportunidade e vivenciá-la em sua plenitude compartilhando suas singularidades.
                E, assim nos transformando na própria felicidade, abençoando tudo o que faz parte das nossas experiências na Terra ao conectarmos o céu que habita os nossos corações.

                Então descobrimos que a felicidade não é mais uma meta, pois nesse vislumbre de simplicidade, ela simplesmente acontece quando aceitamos a Vida e escolhemos verdadeiramente vivê-la.
                ALOHA!!!! Que o 'Espírito de Aloha' esteja pulsando em cada um de nós!
(Fátima Lee)

"Não complique, simplifique e seja feliz aqui e agora, compartilhando a energia da vida!!"

* http://www.huna.org/html/portas.html

Um comentário:

  1. Demais minha querida ... de braços abertos para receber e compartilhar !!! ALOHA !!!Cá

    ResponderExcluir