15 de mar de 2016

Tempo interno, templo interno

Foto de Eliza Carneiro
no Matrix

Houve um tempo
Em que tudo era moroso, doloroso
E havia sofrimento.

Há um tempo
Em que tudo é perfeito
Quando você está atento
E percebe que Este é o Momento

Fátima Lee


Nenhum comentário:

Postar um comentário