17 de out de 2014

Desvelar, des-envolver

Foto de Eliza Carneiro


Há que se ter paciência
De se ver e se ouvir com calma.
De sentir o chamado da Alma
Entrar em contato com toda a aparência
E, com muito tato
Tocar, fazer retoques
Cada qual a seu modo e jeito, sem despeito.
E com respeito e reverência
Adentrar na Harmonia da própria Essência.
Excelência.

Fátima Lee

Um comentário: